segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Princesa

Ei...
Que dia eu te conheci?
Eu esqueci
É como se eu estivesse conversando com você
Desde quando aprendi a falar

Ei...
É como se vivêssemos costas as costas
Nossos gostos podem ser parecidos
Mas a diferença entre nós é notável
E por mim, admirada

Eu não sinto isso há um tempo
As vezes penso que nunca senti
Tenho vontades de coisas que nunca fiz
Tenho medo de falar demais
Tenho desejos de coisas que nunca quis
Tenho a sensação de que você já me conhece
Só não demonstra

Pensamentos estão vindo
Depressa demais
As vezes penso que estou louco
As vezes penso que é cedo demais
As vezes eu penso que é o que eu sempre pedi
Um chamado da vida pra alguma coisa maior

Eu penso em ser mais integro
Pra que você possa olhar nos meus olhos
Eu penso em ser mais forte
Pra poder enfrentar o mundo até você
Eu penso em ser mais sábio
Para saber lidar melhor com isso

É tudo exagerado
É como naquela musica
Adoro um amor inventado
Mas, meu passado
É uma corrente com uma bola de ferro na ponta
E me faz andar com cuidado

Se você tivesse a paciência
Eu te contaria minhas ilusões
Eu te mostraria minhas marcas
Eu te contaria minhas historias
Mas eu não quero que você entenda errado

Nada disso será para que sinta pena de mim
Ou uma desculpa para possíveis falhas
O que eu quero dizer é
Eu passei pelo inferno e pisei em cacos de vidro
Mas quando eu olho pra você eu penso
É...
Vale a pena se arriscar de novo

Por você
Princesa...


For Her
C.L.

Nenhum comentário:

Postar um comentário